Este blog foi criado na aula de Área de Projecto pelos alunos RUI TORRES e SERGIO CARNEIRO com a ajuda do senhor professor FRANCISCO FERREIRA.

Quarta-feira, 04 de Novembro de 2009
...

Cobra coral

Micrurus

Localização geográfica

Cobra Coral (imagem)
  • América do sul e do norte.

Aspecto

  • Possui bandas vermelhas, amarelas/brancas e pretas.
     
  • Em média, medem 60 cm, mas já foram vistas cobras desta espécie com 150 cm.

Veneno

  • Extremamente venenosas.
  • O veneno é neurotóxico, ou seja, ataca o sistema nervoso.

Mordedura

  • As cobras coral não são agressivas e a maior parte das mordeduras ocorre por contacto acidental como, por exemplo, em actividades de jardinagem. Se forem incomodadas, enterram a cabeça e agitam a cauda no ar.
  • Não possuem presas grandes, pelo que as mordeduras são muitas vezes ineficazes.
  • No entanto, uma mordedura pode ser fatal se a vítima não receber tratamento imediato.
  • Os sintomas iniciais incluem dificuldade de articular palavras, visão dupla e dificuldade de deglutir, podendo depois progredir para paralisia muscular, respiratória ou cardíaca se não houver tratamento imediato.

Ciclo de vida

  • A fêmea deposita normalmente 3 a 5 ovos a meio do Verão.
  • Os ovos incubam ao ar.
  • As cobras eclodem 2 a 3 meses depois.

Hábitos

  • Locais: costumam ser nocturnas e passam a maior parte do tempo no solo e entre folhas de árvores caídas. São vistas com mais frequência em tempo húmido e durante a época de acasalamento.
  • Alimentação: pequenos lagartos, cobras, répteis e anfíbios.
  •  

publicado por Super Cobras às 13:24

...

Surucucu

Lachesis Muta Muta

Localização geográfica

Surucucu (imagem)
  • Regiões de floresta tropical na América central e do sul, Trinidade e Guiana.

Aspecto

  • É o maior viperídeo (ou cobra-covinha) do mundo.
  • Entre 2 e 3 metros de comprimento.
  • Cabeça de forma triangular com escamas irregulares.
  • Corpo bastante pesado
  • A coloração varia entre o castanho e o cor-de-rosa pálido e possuem marcas castanhas e pretas em forma losango ao longo do corpo.

Veneno

  • O veneno é citotóxico.

Mordedura

  • Duas feridas - marcas dos dentes – e é muito dolorosa.
  • Desenvolve inchaço no período de 10 a 30 minutos.

Ciclo de vida

  • São os únicos viperídeos neo-tropicais a pôr ovos.
  • Em média, cada ninho é habitado por 12 indivíduos.
  • As crias emergem na Primavera já com 30 cm de comprimento.

Hábitos

  • Atacam agressivamente, sobretudo se forem encurraladas ou agitadas.
  • Costumam viver em áreas de floresta densa, onde a sua coloração e as suas marcas lhes proporcionam boa camuflagem.
  • Maioritariamente nocturnas.
  •  

publicado por Super Cobras às 13:21

...

Mamba negra

Dendroaspis polylepis

Localização geográfica

Mamba-negra (imagem)
  • As mambas negras existem no sul de África.

Aspecto

  • Duas enormes presas de veneno fixas na parte da frente da boca.
     
  • Dentes robustos em ambos os maxilares.
     
  • A mamba negra adulta tem em média 2,5 metros, mas chega a atingir o máximo de 4,5 metros de comprimento.
     
  • Contrariamente ao nome, estas cobras tem coloração entre o cinzento e verde-azeitona, com escamas mais claras à volta da cabeça.
     
  • O nome foi-lhes atribuído pelo facto de terem o interior da boca preto.
     
  • São esguias e extremamente ágeis.
     
  • Capazes de atingir velocidades de 20 km/h.

Veneno

  • Extremamente venenosas. O seu veneno é principalmente neurotóxico (venenoso para os tecidos nervosos), mas também cardiotóxico (provoca a paragem dos músculos do coração).

Ciclo de vida

  • O acasalamento ocorre no fim da Primavera ou no início do Verão. (Outubro a Dezembro em África)
     
  • Após o acasalamento, o macho volta para o seu ninho.
     
  • As fêmeas depositam entre 10 e 20 ovos de cada vez.
     
  • A jovens mambas-negras são auto-suficientes à nascença, já capazes de caçar presas do tamanho de um rato.

Hábitos

  • As mambas negras costumam viver em terrenos de vegetação rasteira, mas também podem ser encontradas em arbustos ou árvores pequenas.
     
  • Ocupam o mesmo ninho durante anos se não forem incomodadas.
     
  • A dieta consiste principalmente em aves e roedores e são caçadoras muito activas tanto durante a noite como durante o dia.
     
  • As mambas negras são extremamente agressivas e atacam mesmo sem provocação.
     
  • São capazes de se elevar no ar até um terço do seu comprimento.
publicado por Super Cobras às 13:20

...

Pitão Africana

Pyton sebae

Localização geográfica

Pitão Africana (imagem)

Encontra-se em África: sul do Saara; da África Oriental até Moçambique, Zimbabwe e parte oriental da África do Sul.

Aspecto

  • São geralmente castanhas com marcas de castanho mais claro ou verde-azeitona.
     
  • Parte inferior branca acastanhada.
     
  • É uma das maiores cobras do mundo, atingindo comprimentos de 6 metros ou mais.
     
  • Os maxilares superior e inferior não estão fixos um ao outro, pelo que conseguem abrir a boca em dimensões impressionantes.
     
  • Como não têm osso esterno, conseguem expandir as costelas e engolir fontes de alimento bastante maiores do que elas próprias.
     
  • As pitão são cobras “constritoras”, o que significa que aprisionam a presa com os dentes e esmagam-na com o corpo, moldando-a de forma a conseguirem engoli-la inteira.

Veneno

  • Não são venenosas.

Ciclo de vida

  • São ovíparas. As fêmeas depositam até 100 ovos.
  • O período de incubação é de 2 a 3 meses.
  • As crias recém-nascidas medem entre 50 e 60 cm de comprimento.
  • Nascem já com as mesmas cores que os adultos possuem, mas mais brilhantes.
  • As fêmeas são extremamente agressivas quando estão a proteger os ovos.
  •  

 

publicado por Super Cobras às 13:18

Viver no meio de cobrasSnakey Sue é uma executante da dança do ventre. Nos últimos anos, apaixonou-se por cobras e é com elas que vive - desde que não sejam venenosas - na sua casa, nas proximidades da capital inglesa.

Tudo começou há cerca de 17 anos e, desde então, Sue não parou de coleccionar novas cobras. Neste momento, a sua colecção já atinge os quarenta e cinco animais, de espécies e tamanhos muito diferentes.

Apesar de estas cobras serem constritoras e muitas poderem com grande facilidade atacar a sua protectora, Sue acredita que está segura entre os seus animais de estimação e que essa segurança se estende a estranhos. É que, para além de usar as suas cobras em espectáculos, Sue também faz apresentações no exterior para filmagens comerciais, em meras exibições a crianças ou em espectáculos de empresas que a contratam como entreteiner, para os seus clientes e colaboradores.

Mas Sue ainda não está satisfeita e pensa em ampliar a sua grande colecção. Para isso, necessita de mais espaço para recolher e adoptar mais animais indesejados pelos seus donos, mas que para a dançarina são uma mais valia - pessoal e comercial.

publicado por Super Cobras às 12:55

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Últ. comentários
ola gostei muito do seu blog adorei muito a sua ma...
Esas cobras sao venenosar fiquem longe dlas
O blog está muito fixe.
são mesmo convencidos
o blog esta altamente e com informacao de muitas c...
Este blog esta xou e essas cobras até assustam
TA MESMO SHOW BENFICA
esse blogue é optimo espectáculo.
O Blog está muito fixe!!!
arquivos
2009

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro