Este blog foi criado na aula de Área de Projecto pelos alunos RUI TORRES e SERGIO CARNEIRO com a ajuda do senhor professor FRANCISCO FERREIRA.

Quarta-feira, 04 de Novembro de 2009
...

Cobra coral

Micrurus

Localização geográfica

Cobra Coral (imagem)
  • América do sul e do norte.

Aspecto

  • Possui bandas vermelhas, amarelas/brancas e pretas.
     
  • Em média, medem 60 cm, mas já foram vistas cobras desta espécie com 150 cm.

Veneno

  • Extremamente venenosas.
  • O veneno é neurotóxico, ou seja, ataca o sistema nervoso.

Mordedura

  • As cobras coral não são agressivas e a maior parte das mordeduras ocorre por contacto acidental como, por exemplo, em actividades de jardinagem. Se forem incomodadas, enterram a cabeça e agitam a cauda no ar.
  • Não possuem presas grandes, pelo que as mordeduras são muitas vezes ineficazes.
  • No entanto, uma mordedura pode ser fatal se a vítima não receber tratamento imediato.
  • Os sintomas iniciais incluem dificuldade de articular palavras, visão dupla e dificuldade de deglutir, podendo depois progredir para paralisia muscular, respiratória ou cardíaca se não houver tratamento imediato.

Ciclo de vida

  • A fêmea deposita normalmente 3 a 5 ovos a meio do Verão.
  • Os ovos incubam ao ar.
  • As cobras eclodem 2 a 3 meses depois.

Hábitos

  • Locais: costumam ser nocturnas e passam a maior parte do tempo no solo e entre folhas de árvores caídas. São vistas com mais frequência em tempo húmido e durante a época de acasalamento.
  • Alimentação: pequenos lagartos, cobras, répteis e anfíbios.
  •  

publicado por Super Cobras às 13:24

...

Surucucu

Lachesis Muta Muta

Localização geográfica

Surucucu (imagem)
  • Regiões de floresta tropical na América central e do sul, Trinidade e Guiana.

Aspecto

  • É o maior viperídeo (ou cobra-covinha) do mundo.
  • Entre 2 e 3 metros de comprimento.
  • Cabeça de forma triangular com escamas irregulares.
  • Corpo bastante pesado
  • A coloração varia entre o castanho e o cor-de-rosa pálido e possuem marcas castanhas e pretas em forma losango ao longo do corpo.

Veneno

  • O veneno é citotóxico.

Mordedura

  • Duas feridas - marcas dos dentes – e é muito dolorosa.
  • Desenvolve inchaço no período de 10 a 30 minutos.

Ciclo de vida

  • São os únicos viperídeos neo-tropicais a pôr ovos.
  • Em média, cada ninho é habitado por 12 indivíduos.
  • As crias emergem na Primavera já com 30 cm de comprimento.

Hábitos

  • Atacam agressivamente, sobretudo se forem encurraladas ou agitadas.
  • Costumam viver em áreas de floresta densa, onde a sua coloração e as suas marcas lhes proporcionam boa camuflagem.
  • Maioritariamente nocturnas.
  •  

publicado por Super Cobras às 13:21

...

Mamba negra

Dendroaspis polylepis

Localização geográfica

Mamba-negra (imagem)
  • As mambas negras existem no sul de África.

Aspecto

  • Duas enormes presas de veneno fixas na parte da frente da boca.
     
  • Dentes robustos em ambos os maxilares.
     
  • A mamba negra adulta tem em média 2,5 metros, mas chega a atingir o máximo de 4,5 metros de comprimento.
     
  • Contrariamente ao nome, estas cobras tem coloração entre o cinzento e verde-azeitona, com escamas mais claras à volta da cabeça.
     
  • O nome foi-lhes atribuído pelo facto de terem o interior da boca preto.
     
  • São esguias e extremamente ágeis.
     
  • Capazes de atingir velocidades de 20 km/h.

Veneno

  • Extremamente venenosas. O seu veneno é principalmente neurotóxico (venenoso para os tecidos nervosos), mas também cardiotóxico (provoca a paragem dos músculos do coração).

Ciclo de vida

  • O acasalamento ocorre no fim da Primavera ou no início do Verão. (Outubro a Dezembro em África)
     
  • Após o acasalamento, o macho volta para o seu ninho.
     
  • As fêmeas depositam entre 10 e 20 ovos de cada vez.
     
  • A jovens mambas-negras são auto-suficientes à nascença, já capazes de caçar presas do tamanho de um rato.

Hábitos

  • As mambas negras costumam viver em terrenos de vegetação rasteira, mas também podem ser encontradas em arbustos ou árvores pequenas.
     
  • Ocupam o mesmo ninho durante anos se não forem incomodadas.
     
  • A dieta consiste principalmente em aves e roedores e são caçadoras muito activas tanto durante a noite como durante o dia.
     
  • As mambas negras são extremamente agressivas e atacam mesmo sem provocação.
     
  • São capazes de se elevar no ar até um terço do seu comprimento.
publicado por Super Cobras às 13:20

...

Pitão Africana

Pyton sebae

Localização geográfica

Pitão Africana (imagem)

Encontra-se em África: sul do Saara; da África Oriental até Moçambique, Zimbabwe e parte oriental da África do Sul.

Aspecto

  • São geralmente castanhas com marcas de castanho mais claro ou verde-azeitona.
     
  • Parte inferior branca acastanhada.
     
  • É uma das maiores cobras do mundo, atingindo comprimentos de 6 metros ou mais.
     
  • Os maxilares superior e inferior não estão fixos um ao outro, pelo que conseguem abrir a boca em dimensões impressionantes.
     
  • Como não têm osso esterno, conseguem expandir as costelas e engolir fontes de alimento bastante maiores do que elas próprias.
     
  • As pitão são cobras “constritoras”, o que significa que aprisionam a presa com os dentes e esmagam-na com o corpo, moldando-a de forma a conseguirem engoli-la inteira.

Veneno

  • Não são venenosas.

Ciclo de vida

  • São ovíparas. As fêmeas depositam até 100 ovos.
  • O período de incubação é de 2 a 3 meses.
  • As crias recém-nascidas medem entre 50 e 60 cm de comprimento.
  • Nascem já com as mesmas cores que os adultos possuem, mas mais brilhantes.
  • As fêmeas são extremamente agressivas quando estão a proteger os ovos.
  •  

 

publicado por Super Cobras às 13:18

Viver no meio de cobrasSnakey Sue é uma executante da dança do ventre. Nos últimos anos, apaixonou-se por cobras e é com elas que vive - desde que não sejam venenosas - na sua casa, nas proximidades da capital inglesa.

Tudo começou há cerca de 17 anos e, desde então, Sue não parou de coleccionar novas cobras. Neste momento, a sua colecção já atinge os quarenta e cinco animais, de espécies e tamanhos muito diferentes.

Apesar de estas cobras serem constritoras e muitas poderem com grande facilidade atacar a sua protectora, Sue acredita que está segura entre os seus animais de estimação e que essa segurança se estende a estranhos. É que, para além de usar as suas cobras em espectáculos, Sue também faz apresentações no exterior para filmagens comerciais, em meras exibições a crianças ou em espectáculos de empresas que a contratam como entreteiner, para os seus clientes e colaboradores.

Mas Sue ainda não está satisfeita e pensa em ampliar a sua grande colecção. Para isso, necessita de mais espaço para recolher e adoptar mais animais indesejados pelos seus donos, mas que para a dançarina são uma mais valia - pessoal e comercial.

publicado por Super Cobras às 12:55

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009
publicado por Super Cobras às 13:09

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

 

Saiba mais sobre Prevenção e Tratamento de Mordeduras de Cobras na nossa secção Problemas de Pragas Comuns ou clique nas ligações abaixo para ler acerca das cobras e dos lagartos que pode encontrar em Portugal e noutras partes do mundo:

 

 

Pitão Africana

 

 

 

Mamba Negra

 

 

 

 

Surucucu

 

 

 

 

Cobra Coral

 

 

 

Cobras comedoras de ovos

 

 

 

Cobra do Egipto

 

 

 

Vibora do Gabão

 

 

 

Mamba verde 

 

  

 

 

 

Viborada noite

 

 

 

Vibora assopradora

 

 

 

Cobra cascavel

 

 

 

Cobra cuspideira

 

 

 

Cobra de focinho

 

 

 

Cobra trepadeira

 

 

 

Cobra mocassim aquática

 

publicado por Super Cobras às 13:05

Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009
...

 

POSIÇÃO SISTEMÁTICA
Reino – Animal
Classe – Répteis
Ordem –Ofídios
FamíliaColubridae
  
MORFOLOGIA EXTERNA
             O corpo é delgado e a cabeça bem definida, com olhos grandes de pupila redonda.
            A coloração é de um castanho avermelhado ou alaranjado, com grandes manchas castanho-escuras no dorso. Entre os olhos destaca-se uma faixa transversal escura.
            Comprimento cerca de 1,40 m.
 HABITAT
             Esta espécie é essencialmente terrestre, embora ocasionalmente possa subir a árvores e arbustos. Prefere locais cultivados e próximos de habitações humanas.
 ALIMENTAÇÃO
             A cobra é um animal carnívoro, alimenta-se de roedores, lagartos e pequenas aves.
 REPRODUÇÃO
             A cobra é um animal ovíparo.
 LOCOMOÇÃO
             A cobra não possui membros. Para se movimentar, executa movimentos ondulatórios com o corpo ( que variam de espécie para espécie ).  Diz-se que a cobra rasteja ou então se desloca por reptação.
 REVESTIMENTO
              A cobra tem o corpo coberto de escamas, que têm origem na camada mais superficial da pele (epiderme ), por isso se chamam escamas epidérmicas. As escamas estão ligeiramente sobrepostas, da frente para trás, como as telhas de um telhado, facilitando assim a sua locomoção.
 
MODO DE VIDA
             Esta cobra é diurna e bastante rápida
publicado por Super Cobras às 13:24

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Últ. comentários
ola gostei muito do seu blog adorei muito a sua ma...
Esas cobras sao venenosar fiquem longe dlas
O blog está muito fixe.
são mesmo convencidos
o blog esta altamente e com informacao de muitas c...
Este blog esta xou e essas cobras até assustam
TA MESMO SHOW BENFICA
esse blogue é optimo espectáculo.
O Blog está muito fixe!!!
arquivos
2009

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro